A família está sob o governo das crianças

Theodoro tem dois anos e 11 meses e o apelido de “Theorremoto”, ganho às custas de muita birra. “Não muito orgulhosa disso”, a mãe, a estilista Marina Breithaupt, 32, diz que o menino manda nela, no pai e na irmã de 11 anos.

Por que é tão difícil colocar limites no seu filho

“Saímos quando ele quer, assistimos ao que ele gosta na TV. Ele quer tudo antes da irmã e decidiu que não dorme mais na cama dele, só na nossa”, conta a mãe.

 

Menino

Theodoro,de dois anos e oito meses, no prédio onde mora, em Campinas

}

Se ouvir um não, o menino “faz escândalo, vira um inferno”. A família deixou de ir a shopping porque Theo quer tudo que vê. E só vai a restaurante que tem parquinho: um dos pais brinca com ele enquanto o outro come.

A última do garoto é não querer ir à escola. “Já acorda dizendo que não vai. Num domingo, resolveu que queria ir”, diz Marina. “Sou rígida, mas acabo cedendo para evitar problemas. Ele tem personalidade dominadora.”

Ele e uma geração inteira de pequenos ditadores, na explicação de Marcia Neder, pesquisadora do Núcleo de Pesquisa de Psicanálise e Educação da USP e autora do livro “Déspotas Mirins – O Poder nas Novas Famílias” (Zagodoni, 144 págs., R$ 34).

“Vivemos uma ‘pedocracia'”, diz, dando nome ao fenômeno das famílias sob o governo das crianças. “Há 50 anos, elas não tinham querer. Agora, mandam.”

Segundo Neder, estamos no ápice da tirania infantil. “Muito se fala sobre declínio de poder paterno e ascensão do materno. Discordo. Quem ganhou poder nas últimas décadas foram os filhos”, diz.

A falta de limites é sinal da derrota dos pais, na visão dela. “A criança foi a grande vitoriosa do século 20.”

E não precisa ser mandão para manter o reinado. Mesmo sem espernear, os filhos têm as vontades atendidas e a rotina da casa organizada em função deles. “O adulto é um satélite em volta da criança”, diz Neder, que considerada urgente um esforço pela retomada do poder adulto. “Vamos pagar o preço de ver esses tiranos crescidos.”

[]

Fonte:

JULIANA VINES
FOLHA DE SÃO PAULO
12/03/2013
Link:  http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1244251-a-familia-esta-sob-o-governo-das-criancas-afirma-pesquisadora.shtml